Ferramentas de TI que toda empresa deve utilizar

Imagem: Pixabay

As empresas estão evoluindo e a tecnologia é algo comum em praticamente todas elas. Até mesmo o agronegócio, que se tem a falsa imagem de ser um trabalho manual, se transformou.

A conectividade já está presente no campo e, apesar de apenas 23% da área rural ter sinal de internet, já existem locais que contam com o 5G.

Obviamente que quando se pensa em TI, as primeiras empresas que vêm à mente não são agroindustriais. Entretanto, esse exemplo serve para mostrar que qualquer negócio deve contar com ferramentas de TI.

Não importa o setor da sua empresa, conheça algumas das ferramentas e recursos que podem ser utilizados para melhorar os negócios.

Gestão de projetos

Essa não é propriamente uma das ferramentas de TI para monitoramento da área, mas exerce um papel importante.

O Trello é uma das plataformas para que se possa gerenciar os projetos. Com ele é possível realizar diversas atividades simultâneas, colocar prazos para elas e acompanhar o desenvolvimento.  

Toda a equipe consegue visualizar e acompanhar o que está sendo feito, pois isso facilita a distribuição das tarefas e cumprimento de entregas.

Sincronização e armazenamento na nuvem

O cloud computing é algo que realmente tem feito a diferença nas empresas. Dentre as ferramentas de TI para isso podemos citar o Telium Backup Online e Dropbox.

O armazenamento em nuvem é essencial para acabar com os servidores físicos que ocupam um grande espaço físico e possuem alto custo de manutenção. 

Ao optar pelo uso da nuvem, alguns processos são facilitados. As empresas conseguem implementar o trabalho remoto e atuar com informações em tempo real em diferentes filiais. 

Além disso, é possível evitar perda de dados com problemas em equipamentos físicos e se tem uma segurança extra em relação aos ataques cibernéticos. 

Sincronizar e armazenar em nuvem é essencial para qualquer organização e existem ferramentas eficazes para isso.

Monitoramento de TI

Para que se possa fazer uma boa administração de TI, planejando com base em dados, é necessário monitorar.

O site Network-king.net reuniu uma seleção com as melhores ferramentas de monitoramento. Com as ferramentas de TI que monitoram é possível saber quais dispositivos estão conectados à rede, softwares instalados em cada um, tráfego de dados, velocidade de conexão e outros.

Esse recurso permite fazer um acompanhamento de tudo o que acontece em tempo real e envia alertas em caso de falhas. Com isso é possível atuar de forma preventiva e reativa logo que um problema é identificado.

Os dados gerados pelo monitoramento são essenciais para gerar relatórios que serão utilizados para as tomadas de decisões. Dessa forma, a área de TI consegue tomar decisões acertadas sobre o que será feito.

Ferramentas de comunicação

A comunicação acaba por ser uma ferramenta de trabalho de diversas áreas e a TI é responsável por ela. 

Se um e-mail deixa de funcionar, uma videoconferência apresenta problemas, ou um chat interno fica fora, todo o trabalho é comprometido.

O Teams, por exemplo, é uma bastante utilizada no mercado, pois permite contar com diversos recursos como chat, envio de documentos e outros. 

É possível optar por soluções prontas no mercado, mas, muitas vezes para que funcionem dentro da rede, será necessário fazer a configuração delas.

Software de gestão de tickets

O help desk é uma das áreas bastante solicitadas e a melhor maneira de fazer a gestão é com a utilização de tickets. 

Um software que faça essa gestão e conecta o usuário ao suporte permite controlar a administração. 

Todos os chamados ficam unificados no mesmo canal, possuem ordem de atendimento e permitem o acompanhamento. É possível saber qual o status de cada ticket, há quanto tempo está aberto e se prazos estão sendo cumpridos.

As informações passam a ter um fluxo claro e automatizado, isso gera relatórios mais precisos e eleva a qualidade dos tratamentos.

Ferramentas de capacitação

A necessidade de profissionais de TI é crescente nas empresas e encontrá-los no mercado está se tornando cada vez mais raro. Existe escassez desse tipo de mão de obra.

Ao mesmo tempo, essa é uma área que muda constantemente e exige atualização e as empresas estão investindo em formação de profissionais.

É possível optar por plataformas EAD e fazer parcerias com centros que oferecem esse tipo de formação. 

Sem isso, será cada vez mais difícil conhecer novas ferramentas ou garantir que os profissionais consigam atender as demandas. 

As ferramentas de TI são essenciais para qualquer empresa, e apenas uma delas não resolve, é preciso combinar os recursos para se conseguir o resultado desejado.

Saiba o que é necessário para lançar um podcast

https://pixabay.com/photos/podcasts-podcast-headphone-music-2633018/

Você tem curiosidade com o universo dos podcasts? Esse novo formato que lembra o rádio, com programas apenas em áudio que podem ser ouvidos a qualquer momento, chegou para ficar. É cada vez maior o número de pessoas que se aventuram por ele.

Existem atualmente programas sobre todos os tipos de assuntos e várias celebridades já lançaram também os seus. Nem mesmo Michelle Obama, ex-primeira dama dos Estados Unidos, ficou de fora. Uma pesquisa recente apontou que 16 milhões de brasileiros consomem podcasts diariamente.

Se você quer participar da onda dos podcasts e lançar um, saiba que não existem grandes dificuldades. Veja a seguir o que é necessário:

Defina um tema

Você domina completamente algum tema ou área de conhecimento? Não importa qual seja, provavelmente existe um público que gostaria de ouvir sobre. Seja a sua profissão, algum hobby ou histórias pessoais da juventude, o primeiro passo é definir sobre o que será o seu podcast.

Paute os episódios

Dentro do tema escolhido, você precisa definir quais serão os subtemas de cada um dos episódios. O assunto é cinema? Que tal falar sobre diretores famosos, filmes que marcaram época ou sobre questões técnicas desconhecidas? A partir daí, faça muita pesquisa, elevando o que você já sabe, e escreva uma pauta para te guiar.

Pense em convidados

Os programas podem ser chatos se forem compostos por apenas uma pessoa falando. Se você conhece outras pessoas especialistas no assunto selecionado, convide-as para participar! Uma discussão interessante e inteligente atrai audiência muito maior.

Invista em equipamentos

A qualidade do áudio é importantíssima para que um podcast faça sucesso. Para começar, ter um fone de ouvido com microfone pode ser uma solução para ajustar tanto o áudio que você escuta, quanto o que está gravando. O computador ou smartphone usado também precisa aguentar bem o tranco.

Invista em software

Há dois momentos na produção de um podcast que pedem por softwares de alto nível: A gravação e a edição. Para a primeira, há ótimas opções gratuitas e até mesmo o Discord é usado com frequência, produzindo bons resultados. Para a segunda, provavelmente você precisará desembolsar algum dinheiro.

Não se esqueça da segurança

No computador ou no smartphone, proteja os arquivos de seu podcast. Seja os produtos finalizados ou as gravações brutas e pautas em desenvolvimento, mantê-los a salvo é algo muito importante. Mesmo o que já foi terminado continua tendo um grande valor!

Escolha um servidor

Os servidores de podcasts estão espalhados pela internet e oferecem muitas funcionalidades. Alguns são gratuitos, outros pagos. Os melhores já ajudam com a distribuição para os melhores tocadores e não colocam limite no tamanho dos arquivos de cada programa.

Divulgue seu podcast

Você deve garantir que seu podcast esteja disponível no maior número possível de tocadores. Spotify, Deezer e iTunes são os mais famosos e com maiores audiências. Caso o servidor não o cadastre automaticamente, você pode fazê-lo de forma manual. Além disso, crie redes sociais e faça a divulgação constante dos novos episódios e comente assuntos relevantes conectados ao seu tema central!

Como recuperar os arquivos apagados no HD na era digital

Algumas vezes os arquivos que estavam no HD dão uma sumida. Intencional ou não, saber que há como recuperá-los é bom

Fonte: Pixabay

Se você tem o hábito de dar o “bendito” Shift + Delete (ou Option + Command + Delete, em MacOS) sem muita atenção, pode ter problemas. Este recurso faz com que seus arquivos sejam excluídos permanentemente, sem irem para a lixeira.

Só quem já perdeu arquivos importantes no disco rígido – o famoso HD – sabe a importância de cuidar de seus dados. Quando alguma coisa acontece, sempre vem em mente aquela pergunta: e agora, como vou recuperar arquivos deletados do HD?

Quem não faz cópias de segurança (backup) de documentos e arquivos importantes ou salva em um HD externo certamente se desespera. Mas se você pensa que estas são as únicas formas de recuperar arquivos deletados HD, você está muito enganado.

Descobrimos (e testamos) um software interessante para solucionar perdas de dados importantes para você. Seus problemas com arquivos do trabalho, faculdade ou pessoais acabaram!

A Wondershare criou o Recoverit que promete trazer soluções para recuperar HD tanto de computadores que usam Windows, quanto MacOS.

图片包含 游戏机, 画

描述已自动生成

Garanta a recuperação HD e de tudo o que é importante para você: documentos, vídeos, fotos, dados e muito mais.

Algumas de suas ferramentas podem ser testadas e usadas gratuitamente. Mas para ter acessos a recursos ainda mais exclusivos, será preciso fazer um investimento que vale cada centavo para quem deseja a paz de recuperar seus arquivos e muito mais.

Seja por exclusão acidental, formatação de HD ou mesmo danos que prejudicaram seu disco rígido, em Recoverit você é capaz de recuperar arquivos apagados do HD. Em poucos passos e de forma simples e rápida você garante seu alívio e os seus arquivos de volta!

O que Recoverit tem a oferecer?

Dentro das diversas possibilidades de recuperação de dados com mais de 1000 diferentes formatos, você encontra os recursos de:

  • Recuperação de arquivos;
  • Recuperação de dados;
  • Recuperação de arquivos;
  • Recuperação de HD;
  • Recuperação Mac (ideal para usuários de computadores da Apple que querem recuperar HD, vídeos, fotos, áudios, entre outros dados).

Mais de cinco milhões de usuários ao redor do mundo já experimentaram e você pode conferir avaliações de muitos usuários no próprio site da empresa. Além disso, o usuário encontra todas as informações necessárias para saber como recuperar arquivos apagados HD.

Para não correr o risco de perder arquivos importantes para você, como fotos de família, relatórios importantes do trabalho, relatórios da faculdade, lembre-se sempre de formatar seu computador. Sobretudo se você notar que:

  • Não está conseguindo localizar arquivos e programas;
  • O sistema não está tendo o rendimento e qualidade de sempre;
  • O sistema operacional não está sendo localizado;
  • Vírus e outros problemas que comprometem o uso ideal de seu HD;
  • Entre outros problemas.

Mesmo se você se esquecer de fazer armazenamento de segurança (backup) de seu HD (do computador ou externo), você poderá recuperar partição excluída e formatada.

Veja como é simples recuperar arquivos deletados HD externo em nosso manual a seguir. Caso ainda tenha dificuldades em compreender como funciona o Recoverit neste processo, confira este tutorial em vídeo.

Manual para recuperar arquivos apagados do HD

Para aproveitar o recurso de recuperar arquivos deletados HD externo grátis e outros recursos que o Recoverit tem a oferecer, será preciso fazer o download do programa. Certifique-se que seu sistema operacional e computador comportam o Recoverit.

Siga os passos a seguir para dar início ao uso do programa e de todas as ferramentas que ele oferece:

  1. Acesse o site de Recoverit e faça o download do software;
  2. Depois de instalar o programa, abra Recoverit e clique em “Disco Rígido”;
  3. Clique em “Recuperação” e depois em “Iniciar”;
  4. Leia o relatório que o software fará com a análise de seus dados;
  5. Finalize o processo clicando em “Recuperar” e aguarde a conclusão da operação.

Conclusão

Agora que você já sabe que seus problemas com exclusão de arquivos do HD – e também de outros dispositivos como cartões SD – podem ser facilmente resolvidos, acesse a plataforma de Recoverit para ter todas as informações completas sobre as soluções que o software tem a oferecer.

Além de detalhes de recursos sobre o programa e artigos complementares, no site você encontrará depoimentos de quem já usou e aprovou Recoverit. Vale a pena conferir.

Se estiver em apuros, lembre-se que Recoverit terá uma solução rápida e simples para te ajudar!

Como a assinatura digital pode otimizar a negociação de imóveis em SP

Tecnologia na nuvem ajuda a reduzir burocracia e a gerenciar documentos online

Imagem: Pixabay

Até pouco tempo atrás, quem queria comprar imóveis em São Paulo costumava ir ao escritório de um corretor de imóveis para assinar uma pilha de papéis.

Hoje, muitos corretores de imóveis enviam contratos de compra e venda, oferecem cartas, refinanciam documentos e os validamvia a assinatura eletrônica. Dependendo de qual for sua imobiliária, há uma boa chance de você receber documentos por e-mail para assinar, como parte de qualquer transação de compra, venda ou aluguel.

E você não precisa se preocupar com segurança ou fraudes. Os documentos assinados eletronicamente são criptografados, têm um selo inviolável e fornecem uma trilha de auditoria clara para que você e seu agente imobiliário possam ver quem fez o que e quando com cada documento.

No geral, todo tipo de assinatura digital atende a rigorosos padrões de segurança globais, o que garante confiabilidade ediminui burocracia na hora de fechar um acordo imobiliário.

Com base nessa realidade da tecnologia, saiba um pouco mais como a assinatura digital vem otimizando o mundo dos negócios! Confira!

Assinatura digital é diferente de assinatura eletrônica

As assinaturas eletrônicas são definidas como um som, símbolo ou processo eletrônico, anexado ou logicamente associado a um contrato ou outro registro e executado ou adotado por uma pessoa com a intenção de assinar o registro. Basicamente, uma Assinatura Eletrônica é o equivalente à sua assinatura manuscrita digitalizada e pode ser usada para confirmar o conteúdo de um documento ou os termos de um documento específico, como para o aluguel de kitnet em SP.

As assinaturas digitais, por outro lado, são bem diferentes. Para ilustrar como, é útil dar um passo atrás e observar as preocupações de segurança que envolvem documentos e fluxos de trabalho baseados em papel. As preocupações mais comuns que indivíduos e organizações enfrentam ao lidar com documentos em papel são … é a pessoa que assinou o documento que afirma ser? Como posso verificar se a assinatura é válida e não foi falsificada? Como validar se o documento não foi violado? Felizmente, a existência de notários foi inventada e pode ser rastreada até os tempos do Egito Antigo.

Os notários hoje desempenham um papel fundamental para garantir às partes de uma transação que o documento é autêntico e confiável. Como você pode suspeitar, existem os mesmos problemas nos fluxos de trabalho de documentos eletrônicos.

Vantagem da assinatura digital para transações

Diferentemente das assinaturas eletrônicas, as assinaturas digitais ajudam a resolver esse problema e ajudar muitas imobiliárias, são essencialmente o equivalente on-line à adição de uma assinatura com firma reconhecida para o fechamento de um contrato imobiliário. No caso de assinaturas digitais, um terceiro confiável, conhecido como autoridade de certificação (CA), atua como notário em termos de verificação de sua identidade.

As autoridades de certificação vinculam sua identidade a um certificado digital baseado em alto padrão de segurança, que permite aplicar assinaturas digitais a documentos e plataformas de assinatura armazenadas na nuvem.

Quando você aplica uma assinatura digital a um documento, uma operação criptográfica vincula seu certificado digital e os dados sendo assinados em uma única impressão digital. A singularidade dos dois componentes da assinatura é o que torna as assinaturas digitais uma substituição viável das assinaturas de tinta úmida. Para uma explicação mais detalhada, consulte como as assinaturas digitais funcionam.

Em resumo, a operação criptográfica permite que as assinaturas digitais verifiquem e garantam o seguinte: se o documento é autêntico e vem de uma fonte verificada. Seo documento não foi violado desde que foi assinado digitalmente, pois a assinatura seria exibida como inválida se fossem feitas alterações.

Validam que sua identidade foi verificada por uma organização confiável (a CA).Isso tudo dá muita credibilidade à todo tipo de negociação, especialmente de apartamentos à venda.

Que tipos de assinaturas são juridicamente vinculativas?

Dependendo da natureza do documento que está sendo assinado, uma assinatura eletrônica na forma de uma imagem digitalizada da assinatura manuscrita do assinante é considerada juridicamente vinculativa na maioria dos países, mas varia de acordo com o país. No entanto, muitos regulamentos (por exemplo, eIDAS) agora exigem assinaturas digitais sobre assinaturas eletrônicas devido ao fato de uma assinatura digital fornecer autenticidade e integridade que podem ser mantidas em um sistema judicial. A decisão sobre o tipo de assinatura que você deseja implementar deve ser ditada pelo tipo de documento que você precisa assinar e pelo nível de autenticidade que você precisa manter.

Tipos de assinaturas digitais

Agora que entendemos a diferença entre assinaturas eletrônicas e digitais, vamos dar uma olhada nos diferentes tipos de assinaturas digitais disponíveis. Afinal, diferentes plataformas e serviços de documentos permitem criar diferentes tipos de assinaturas usando Certificados Digitais. Vamos dar uma olhada em duas das plataformas de processamento e exportação de documentos mais populares, o Adobe PDF e o Microsoft Word.

  • Adobe PDF: a Adobe suporta dois tipos de assinaturas digitais, certificada e aprovação.
  • Assinaturas certificadas– Adicionar uma assinatura de certificação a um PDF significa que você é o autor do documento, finalizou seu conteúdo e deseja protegê-lo contra violações após a distribuição. Os documentos certificados exibem uma faixa azul na parte superior do documento, contendo o nome do assinante e o emissor do certificado – um indicador visual claro do documento. autenticidade e autoria;
  • Assinaturas de aprovação– As assinaturas de aprovação agilizam o procedimento de aprovação de uma organização, capturando as aprovações eletrônicas feitas por indivíduos ou departamentos e incorporando-as ao PDF real. As assinaturas podem ser personalizadas para incluir uma imagem (por exemplo, sua assinatura física ou selo oficial) e vários detalhes da assinatura (por exemplo, local da assinatura, data, motivo da assinatura).
  • Microsoft Word:a Microsoft também suporta dois tipos de assinaturas digitais – visíveis e não visíveis.
  • Visíveis – As assinaturas digitais visíveis aparecem como uma linha de assinatura, semelhante a um documento físico. Esse método é comumente usado quando você precisa de vários usuários para assinar documentos como contratos ou outros acordos.
  • Invisíveis – Assinaturas invisíveis são usadas quando você precisa fornecer autenticidade, integridade e garantia de origem, mas não precisa de uma linha de assinatura visível. Os documentos com uma assinatura não visível exibem uma faixa azul na barra de tarefas.

Agora que você conheceu um pouco mais sobre como a assinatura digital vem otimizando a negociação de imóveis, incorpore este serviço à sua imobiliária. Ou, se você é cliente, solicite esse tipo de facilidade ao realizar qualquer tipo de negociação, afinal, a tecnologia está ao nosso dispor justamente para transpor barreiras!

Gostou deste post? Aproveite e compartilhe-o em suas redes sociais!

Como tornar seu celular tão seguro quanto seu computador

Fonte: Pixabay

Se você usa antivírus e protege seu PC com carinho, por que não faria o mesmo com seu celular?

O computador popular está aí há muitas décadas, e os usuários, em geral, já aprenderam a proteger sua conexão, seus dados e sua máquina em si quando estão usando a internet, que pode ser tanto uma ferramenta incrível de trabalho e lazer quanto uma terra de ninguém cheia de gente mal-intencionada.

Acontece que, segundo o IBGE comprova ano após ano, o computador está perdendo força na sua disseminação e uso, enquanto que o celular avança a passos largos e já se tornou a principal forma de o brasileiro acessar a internet.

Mas vamos combinar: você toma os mesmos cuidados com o aparelho móvel que toma com o PC/Mac? Antivírus pago, cuidados com conexões públicas e etc.? Se a resposta for negativa, é bom ficar de olho, porque grande parte dos ataques hackers/crackers são direcionados aos smartphones hoje em dia.

Por sorte, existem diversas maneiras de aumentar a segurança mobile e tornar seu celular um dispositivo tão seguro e protegido quanto o computador. Vejamos como, então!

Celulares são mais visados – como protegê-los?

Computadores são décadas mais velhos que os smartphones, o que significa que tanto quem produz quanto quem usa tem mais experiência em protegê-lo de ataques, malwares, tentativas de phishing e mais.

Agora, o mesmo não pode ser dito dos celulares com acesso à internet, uma novidade da década de 2010, praticamente. Como fazer, então, para que a proteção entre esses dois tipos de aparelhos seja a mais parecida – ou seja, forte – ou possível?

1. Antivírus mobile: Dificilmente alguém entra na internet hoje pelo computador sem estar com seu antivírus atualizado, mas pouca gente se dá ao trabalho de fazer o mesmo com seu smartphone. É um erro e que pode custar caro. Muitos antivírus já oferecem versões específicas para o mercado mobile, e pode valer a pena ir atrás disso, nem que seja na versão grátis.                               

2. Usar uma VPN para criptografar dados: Algo que é extremamente visado em celulares é sua acessibilidade a dados pessoais e informações sensíveis, especialmente no que diz respeito a dados bancários. Uma VPN, isto é, uma rede virtual privada é algo capaz de encriptar os dados da navegação móvel, protegendo os dados de quem usa de tentativas de roubo de vários tipos. 

3. Cuidado onde você se conecta: Computadores são objetos mais fixos, ao menos quando são desktops. Mesmo laptops, porém, tendem a permanecer dentro de casa. Agora, celulares foram criados com o intuito específico de serem usados por aí, e, vamos admitir, estamos sempre loucos procurando um ponto de Wi-Fi pela cidade. Isso tem seu lado positivo na economia de dados, mas se conectar à primeira rede aberta que se vê pode ser perigoso, pois não sabemos se há algum malware ali só esperando uma vítima incauta. Cautela é chave.

4. Evite dar acesso a qualquer coisa: Você já deve ter notado que, quando está usando determinado app ou serviço, o celular vai pedir sua autorização para que o dito aplicativo acesse fotos, câmera e etc., certo? Tome cuidado com isso, especialmente quando combinado com o item acima, das redes desconhecidas, pois você pode estar dando acesso a vírus para roubarem dados pessoais, se logarem em serviços pessoais e até mesmo acessar sua webcam.

5. Precauções contra armadilhas: Muita gente se conecta com o aparelho móvel para cuidar de questões de trabalho, e isso pode ser a porta de entrada para ameaças que querem roubar dados de grande porte. Segurança online no trabalho  é uma questão ainda mais delicada do que a pessoal podemos dizer. Da mesma maneira, cuidado nunca é demais, seja em casa ou no trabalho, com links suspeitos, e-mails estranhos e mensagens que levantem dúvidas sobre sua idoneidade. 

Conclusão

Segurança online é uma preocupação séria de todas as partes envolvidas – usuário, empreendedores, empresas de tecnologia, desenvolvedores, bancos e quem mais se imaginar. Embora o computador esteja mais avançado em proteção contra as ameaças online do dia a dia, os celulares ainda correm atrás do prejuízo.

A melhor maneira de manter sua segurança mobile tão firme quanto é nos computadores e laptops é exercitando cautela e inteligência, o que se manifesta desde a simples desconfiança diante de um e-mail que promete ganhos fáceis até a prudência de usar uma VPN segura e um antivírus de confiança no dispositivo mobile sempre.

Como funciona a engenharia tecnológica por trás do poker online?

Mesmo sem ter experiência na modalidade ou até mesmo sem saber como funcionam as regras, provavelmente você já ouviu falar sobre o poker online. Ramo da internet que não para de crescer e aglomera milhões de jogadores ao redor do planeta, essa modalidade é tida como uma das mais emergentes do mundo.

Parte do que faz o poker online tão popular é a sua engenharia espetacular que faz com que tudo seja possível.

Tudo passa pelo gerador de números aleatórios

No poker tradicional, jogado em espaço físico, existe a função do dealer. Esse profissional embaralha as cartas e as distribuem de maneira uniforme para os jogadores. Tem toda uma técnica para tal e um bom dealer é fundamental em torneios profissionais.

No poker online, é impossível haver um dealer, mas o computador executa essa mesma função com perfeição e tudo só é possível através do gerador de números aleatórios.

Em inglês, esse gerador é chamado de Random Number Generators, ou RNGs. Através desse sistema, as cartas são embaralhadas da melhor maneira possível para quem não haja nenhum tipo de desregulação no jogo.

Um dos maiores sites de poker mundo, o party poker foi criado há mais de 15 anos e hoje abriga milhares de jogadores online. Essa plataforma é uma das referências quando o assunto é o gerador de números randômicos e, constantemente, esse sistema é supervisionado por entidades de regulamentação para a certificação de que tudo está correndo da melhor maneira possível.

Rigoroso esquema de segurança e integridade

O poker online é um jogo que envolve muito dinheiro. Para se ter uma ideia, são dezenas de torneios com premiação milionária que acontecem todos os dias. O maior vencedor da história em termos de premiação na internet já superou a marca dos US$ 17 milhões.

Todo esse dinheiro envolvido faz com que os sites tenham a atenção redobrada quando o assunto é segurança e integridade.

Da maneira mais profissional possível, os principais sites do mundo são constantemente verificados por agências reguladoras, como a PricewaterhouseCoopers.

Portanto, os sites se apossam dos mais modernos algoritmos e softwares de segurança para manter a integridade dos jogadores intacta.

No que também tange à integridade, os sites contam com uma altíssima criptografia de algoritmos para que apenas o jogador dono das cartas possa ver o que tem na mão. Sendo assim, não é possível os adversários espiarem o que há nas mãos dos outros competidores.

Conexão entre si dos vários sites

São centenas de sites de poker online disponíveis no mundo todo. Pela alta quantidade de plataformas digitais, seria praticamente inviável cada site contar com um sistema próprio e independente de jogo.

Para fazer com que poucos sistemas sejam utilizados para assim facilitar termos como segurança e conectividade, vários sites jogam sob o mesmo teto.

É como se o grande sistema do poker online fosse uma casa gigantesca com dezenas de quartos e cada site utilizasse um cômodo diferente. Na prática, os sistemas de diferentes plataformas estão separados, mas sob o mesmo teto.

Certificação de que o jogo seja adaptável a diferentes dispositivos

No fim das contas, um software de poker acaba sendo parecido com outros aplicativos em muitos aspectos. Em um app de mobile poker, por exemplo, o sistema precisa ser adaptável para diferentes plataformas e contar com paleta de cor padrão, fórum, suporte e tudo mais.

Por isso, várias plataformas realizam parcerias com desenvolvedores famosos na área dos aplicativos para smartphone com o intuito de produzir os seus respectivos aplicativos.

Seja para tablet ou smartphone, a maioria dos sites são dotados de um sistema avançado de adaptabilidade para que o jogador consiga acessar de maneira instantânea e sem complicações aos recursos do aplicativo.

Como é de praxe no poker online, a grande maioria dos aplicativos são baixados de maneira gratuita. Dentro dele, o jogador tem a opção de praticar valendo dinheiro ou não.

Relaxe, jogue e se divirta

Não é preciso ficar preocupado quanto à integridade do poker online. Se você se cadastrar em sites confiáveis e com boa reputação no mercado, não há porque se preocupar, pois os grandes sites investem milhões de dólares anualmente para manter tudo no lugar.

No entanto, sempre vale ressaltar para você fazer a sua parte e nunca fornecer senha para terceiros e manter o navegador/dispositivo livre de qualquer tipo de ameaça que possa lhe prejudicar.

Internet das Coisas | Ela está mais próxima da gente do que você imagina

Em um mundo em que disquetes, CDs e outros dispositivos de armazenamento se tornam cada vez mais raros, é cada vez mais comum alguém falar em “salvar na nuvem” um determinado arquivo.

Isso é a Cloud Computing (Computação em Nuvem) que chegou para ficar. Ela também é uma das responsáveis por possibilitar o trabalho Home Office nos dias de hoje.

Além disso, ela também está presente até mesmo nos serviços de hospedagem de site. Um exemplo disso é a hospedagem, fundamental para projetos online como lojas virtuais e sites de tráfego elevado.

No entanto, é nesse cenário que a IoT (Internet of Things)  cada vez mais adquire um amplo espaço em nosso dia a dia.

A IoT, que a gente pode aportuguesar para a “Internet das Coisas”, consiste no conjunto de tecnologias que auxilia na conexão entre o ambiente online e os mais variados objetos e “coisas”.

Isso ajuda na gestão de uma empresa, no cotidiano de trabalho, na interação com os utensílios em casa e, em alguns casos, até mesmo na mobilidade urbana.

Como funciona a Internet das Coisas

A IoT consiste em uma infraestrutura de rede que utiliza um padrão IP para conectar o ambiente virtual ao físico. Conforme o próprio nome indica, ela permite conectar coisas e objetos em geral à internet, tornando o ambiente ao redor muito mais interativo.

Se você pensa que a Internet das Coisas é uma promessa que só vai se concretizar daqui a vários anos, quando existirem carros voadores e colônias em Marte, então sugiro que você olhe bem ao seu redor.

A IoT já dá os seus passos iniciais no nosso dia a dia. Um exemplo disso é a TV, ou melhor, as Smarts TV’s. Elas ilustram bem como é o uso da Internet das Coisas promovendo a conexão de um objeto físico ao ambiente virtual.

A TV inteligente já abre possibilidades para que mais objetos domésticos também se tornem, digamos assim, “smart”. Hoje em dia o termo “casas inteligentes” ganha mais espaço.

As casas inteligentes são um exemplo que desde portas e janelas poderão se abrir automaticamente com a utilização de sensores. Ou também que o ar-condicionado possa ser ligado ou desligado graças ao comando de voz.

Diante disso, com um simples toque no seu smartphone ou outro dispositivo móvel, você terá controle total da sua casa e de todas as outras coisas que estão nela.

A aplicação da Internet das Coisas

É importante ter em mente também que a IoT não fica restrita às residências. Uma das áreas que já está se beneficiando da Internet das Coisas é a Medicina.

A possibilidade de um paciente “vestir” determinados dispositivos que permitem ao médico monitorar à distância a respiração e batimentos cardíacos é real em alguns países.

Além disso, já existe a tecnologia que utiliza a IoT para a prevenção do câncer de mama. O aparelho é um dispositivo equipado com pequenos sensores que detectam ínfimas alterações de temperatura na região dos seios.

Esse dispositivo envia as informações para o smartphone da paciente ou do médico, auxiliando os profissionais da saúde a detectar indícios de que há problemas com a saúde da paciente.

Outra área muito importante que pode ser beneficiada com a Internet das Coisas é a agricultura e a pecuária. Um exemplo disso é a utilização de drones que pode realizar o mapeamento das melhores áreas da lavoura para o plantio.

Há também dispositivos capazes de auxiliar na previsão do tempo e também programas que ajudam a detectar doenças nos animais.

A Startup brasileira Agrosmart ilustra muito bem o que a Internet das Coisas pode fazer quando o assunto é tecnologia a serviço da agricultura.

Se na zona rural a IoT é de grande ajuda, o mesmo vale para a área urbana. Em algumas cidades da Europa, por exemplo, a utilização de água para irrigar jardins e fontes públicas pode ser monitorada de modo digital. E isso impede o desperdício.

Com isso até o sistema de iluminação pública é beneficiado, já que alguns postes possuem sensores de presença e também podem ser utilizados como roteadores para conexão Wi-Fi.

Até mesmo um dos grandes pesadelos da vida moderna, o trânsito caótico, já é beneficiado com a Internet das Coisas. A situação que demonstra isso é em Barcelona, onde sensores no asfalto enviam sinais para um aplicativo apontando lugares viáveis para estacionar.

Com isso, os motoristas ganham mais tempo, economizam mais combustível e contribuem para um cotidiano mais sustentável evitando a emissão de gases poluentes.

Conclusão

Falando assim até parece que a Internet das Coisas está muito distante. No entanto, com a tecnologia evoluindo praticamente na velocidade da luz e cada vez mais acessível, não vai demorar muito para que a IoT invada de vez a maioria dos lares brasileiros.

Por isso, é importante estar antenado a respeito do que ocorre ao redor do mundo sobre as novidades e tendências da tecnologia moderna.

Como saber se meu CPF está sendo usado por alguém

Você recebe ligações de escritórios de cobranças sobre dívidas que não reconhece. Como se não bastasse, teve o nome negativado e não faz ideia de como isso foi acontecer.

Nessa hora, vem a dúvida: como saber se meu CPF está sendo usado por alguém? Se você desconfia que há algo errado com seu documento, o melhor é buscar informações.

Esse tipo de problema é sempre urgente, até porque não se pode cancelar ou trocar o número do CPF, exceto quando há um mandado judicial. O melhor, nesse caso, é procurar uma solução – e que seja o mais rápido possível

No ambiente virtual, criminosos também atacam e podem roubar suas informações.

Como saber se meu CPF está sendo usado por alguém?

Se você está com essa dúvida no momento, saiba que os primeiros passos devem ser dados pelo próprio cidadão.

Não há um método preciso para saber se seu CPF está sendo usado por alguém. Mas é interessante que você faça, em primeiro lugar, uma consulta aos serviços de proteção ao crédito.

Geralmente, esse serviço é prestado de forma gratuita por entidades conveniadas – como as câmaras de dirigentes ou sindicatos de lojistas. Há também serviços que cobram pequenas taxas para monitorar seu CPF constantemente. Eles são bastante úteis quando você desconfia que está sendo lesado.

Situação Cadastral

Uma maneira de verificar quais são os dados de cadastro de seu CPF, é verificando a situação cadastral pela internet, este site permite a consulta de forma gratuita e rápida. Verifique se os dados informados estão corretos e se é necessário realizar alguma alteração junto a Receita Federal.

Caso o seu nome esteja sujo, ou seja, se alguém colocou seu nome em um cadastro de inadimplentes por falta de pagamento, informe-se sobre o credor. Em seguida, entre em contato com a empresa responsável por sua inclusão e verifique o que foi comprado em seu nome, onde e quando.

Leia mais:

Se realmente não foi você que fez o débito, o segundo passo é registrar um boletim de ocorrência. Esse mesmo procedimento deve ser realizado em caso de roubo ou perda do documento.

Entretanto, a Receita Federal aconselha que, se o seu CPF estiver sendo usado indevidamente, você procure também um advogado. Nesses casos, geralmente é necessário recorrer à Justiça para retirar seu nome dos cadastros negativos.

Além disso, você pode ajuizar uma ação de danos morais, com direito à indenização. Dependendo dos valores, você pode recorrer a um Juizado Especial Cível (também conhecido como Pequenas Causas), onde não há necessidade de contratar advogado e arcar com os honorários.

Cuide do seu CPF

Quando se trata de CPF, todo cuidado é pouco. É de conhecimento público que há uma série de quadrilhas que roubam documentos com a finalidade de falsificá-los para a utilização em compras no comércio, solicitação de empréstimos em bancos e financeiras. Depois disso, é claro, vem o calote e a pessoa lesada é o contribuinte “proprietário” daquele cadastro.

Para as pessoas que já possuem CPF há mais tempo – quando o documento tinha formato de um cartão magnético – não há necessidade de usá-lo no dia a dia. Nenhum estabelecimento solicita mais o documento original, apenas o número para a consulta.

Para os mais jovens ou para os que estão fazendo a segunda via do RG, o número do CPF pode ser inserido neste documento – que também exige um cuidado especial. É preferível portar o documento original apenas quando for necessário.

Outro ponto importante é em relação à internet. Sempre que houver a necessidade de fornecer o número do seu documento, faça isso somente em sites seguros. Quando precisar entrar em uma página com senha, sempre aperte a tecla “sair” antes de fechar a página. Caso contrário, seus dados podem ficar expostos a hackers.

Ao receber ligações de empresas, nunca forneça seus dados pessoais. Há uma série de quadrilhas que aplicam golpes dessa forma. Quando precisar falar com a empresa, ligue você mesmo.

Onde e como divulgar o seu e-commerce

Foto: pixabay.com

Saber como criar um site e utilizá-lo para um e-commerce é apenas o passo inicial para o seu negócio online. O que vem depois disso é assegurar a sua presença online e mostrar para os seus possíveis clientes que você tem uma loja virtual.

Outro aspecto importante é saber onde e como divulgar o seu e-commerce, pois isso é fundamental para que o seu negócio não seja apenas mais um site entre tantos outros que povoam a internet. É necessário fazer valer o seu investimento.

Ter um bom nome de domínio para o seu e-commerce já é um bom começo. Registrar o domínio  confere para a sua loja online duas coisinhas que são importantes para consolidar a sua base de clientes: credibilidade e profissionalismo.

Se você ainda não tem seu domínio registrado recomendamos https://www.weblink.com.br/dominios

Na hora de efetuar uma transação online, o público vai atrás de sites de confiança. Além disso, registrar um domínio contendo alguma palavra-chave que remeta ao conteúdo do seu e-commerce, auxilia na otimização das técnicas de SEO.

Marketing de Conteúdo – O amigo do seu e-commerce

Em uma época em que gerenciar uma loja virtual se torna uma boa alternativa de negócio, mais do que nunca o termo “presença online” adquire relevância.

E quando o assunto é garantir essa tal presença online, o conteúdo se torna a principal arma do empreendedor. E falando em conteúdo, é impossível não mencionar a importância do Marketing especializado exatamente nisso.

O Marketing de Conteúdo tem como objetivo criar e disseminar conteúdo para um público previamente determinado. Dessa maneira, ele consegue atrair a atenção de pessoas que podem se tornar possíveis clientes e ainda divulgar os seus produtos.

Por isso que canais onde é possível disseminar conteúdo, como, por exemplo, blogs, redes sociais e canais de vídeos, se tornam tão valiosos para quem quer divulgar uma loja virtual.

Dicas para divulgação do seu e-commerce

Hoje em dia a internet apresenta uma série de espaços válidos para quem quer divulgar conteúdo e atrair clientes para uma loja online. Por isso, logo abaixo elencamos alguns canais eficientes para isso.

Redes Sociais

Já virou hábito para muitas pessoas acordar pela manhã e a primeira coisa a ser feita é dar uma checada no assunto mais comentado no Twitter ou ver qual é a notícia que está ganhando mais curtidas no Facebook. Bem-vindos a era das Redes Sociais.

Diante de tanta popularidade e por estarem tão presentes no nosso cotidiano, as redes sociais são um bom espaço para você divulgar a sua loja virtual. Por isso, criar uma página no Facebook é essencial.

Uma Fanpage pode ampliar a capacidade de alcance orgânico, bem como apresenta recursos que permitem você avaliar o índice de engajamento que o público tem com as suas postagens.

Lembre-se também do Instagram para divulgar as fotos dos seus produtos, assim como o Twitter, que acaba sendo um bom espaço para você compartilhar as postagens do seu blog.

E-mail Marketing

E como um dos objetivos do Marketing de Conteúdo é atrair pessoas que estão interessadas em seu produto para assim iniciarem a jornada de compra, nada mais justo que ir direto ao assunto graças a um e-mail.

O conteúdo por e-mail é personalizado e direcionado a um público selecionado, que está interessado em seu produto.

Para você consolidar uma lista de e-mails utilize formulários de cadastro em seu blog, por exemplo. Lembre-se também de contar com um bom software apto a disparar as mensagens.

Blogs

Interativos, dinâmicos e atrativos. Enfim, citar todas as qualidades e possibilidades que um blog oferece ocuparia vários parágrafos. O fato é que ter um blog se torna peça fundamental das engrenagens da sua estratégia de divulgação.

No entanto, para que um blog tenha a eficiência necessária é preciso estar atento para um detalhe muito importante: a plataforma. A mais indicada em tal situação é o WordPress.

Quer uma plataforma intuitiva e responsiva, apta a comportar plugins com várias funcionalidades? Quer uma diversificada alternativa de templates? Pois então, o WordPress está aí para isso.

Não esqueça também que, graças a sua fama e eficiência, algumas empresas de web hosting disponibilizam a hospedagem WordPress, que oferece recursos voltados para essa plataforma.

Alguns deles são autoinstalador, mais velocidade, mais espaço em disco e outros benefícios importantes.

E já que tocamos no assunto da hospedagem, fique atento para um possível upgrade na hospedagem do blog quando aumentar o número de acessos.

Alguns tipos mais robustos que podem suportar o tráfego em seu blog são a VPS e a hospedagem Cloud. A primeira atua por meio de um Servidor Virtual Privado e a segunda utiliza a tecnologia Cloud, de armazenamento em nuvem.

Ambas garantem melhor desempenho para o seu projeto, possibilitando que o site ou blog permaneça no ar em tempo integral e sem falhas.

Conclusão

 

De nada adianta ter um e-commerce com uma boa plataforma e domínio registrado se não há o esforço de atrair o seu público para ele.

 

Portanto, assim como uma loja física necessita de divulgação, uma loja virtual também. E na internet o conteúdo de qualidade acaba se tornando a melhor vitrine para o seu negócio.

 

 

Melhores aplicativos grátis para smartphones

Confira nossa lista dos melhores aplicativos grátis para smatphones

O ano de 2017 já está chegando ao fim e com ele começam a aparecer as listas dos melhores do ano, onde são reunidas as melhores opções em milhares de ramos do nosso dia a dia. E hoje estaremos apresentando uma lista que atualmente faz parte do nosso cotidiano, os aplicativos para celulares.

Nesta lista estão dicas dos app que mais fizeram sucesso neste ano, seja em smartphones Android, como também os com sistema operacional iOS. Estes aplicativos vieram para tornar as nossas vidas ainda mais fáceis, como é o caso do eleito pela Google Play como o melhor app do ano de 2017, o ‘Socratic – Ajuda para Matemática e Dever de Casa’.

Neste caso, o aplicativo da empresa Socratic, foi criado com o intuito de ajudar as pessoas a resolverem exercícios de matemática, ciências, química, história, inglês e economia. Além dele, existem outros muito importantes como o Uber Eats, carteiras de Bitcoin, e muito mais, dos quais estaremos apresentando aqui neste artigo.

Os melhores apps para smartphone de 2017

  • Socratic – Ajuda para Matemática e Dever de Casa:

Como já citamos o Socratic foi eleito pela toda poderosa Google como o melhor app de 2017. Ele é um aplicativo 100% gratuito e que não exige compras dentro do mesmo, onde boa parte daqueles que fazem sucesso, acabam vendendo algo, para que o lucro seja ainda maior. Nele é possível tirar uma foto do exercício, de preferência um exercício escrito em um editor de texto como o Word, onde através de inteligência artificial, diversas questões de matemática, química, ciências e outras matérias são respondidas na tela do seu smartphone, com fórmulas e como o app chegou a conclusão daquela resposta. Uma mão na roda para aqueles que precisam resolver exercícios em casa. É preciso lembrar também, que é preciso estudar a fórmula e como aconteceu o resultado para aprender, pois na hora do ENEM e de outras provas não é permitido usar o celular.

Links para Download.

Sistema iOS: https://itunes.apple.com/br/app/socratic-ajuda-para-matem%C3%A1tica/id1014164514?mt=8
Sistema Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=org.socratic.android

  • PicsArt Animator GIF e Video:

Este é um aplicativo de entretenimento onde é possível realizar a criação de desenhos e vídeos animados, rabiscos, GIFS e outras artes através de recursos em camadas, ferramentas de desenhos, adesivos animados, recursos de Emoji, quadros que podem ser duplicados, excluir e inserir quadros nas suas animações. É possível também desenhar e editar suas fotos, criando fotos animadas, onde é possível também narrar e gravar sons para elas. O app é bem completo e altamente indicado para quem gosta de brincar com imagens.

Links para Download.

Sistema iOS: https://itunes.apple.com/us/app/picsart-animator-gif-video/id1181847209?mt=8
Sistema Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.picsart.animate

  • Tandem: aprenda inglês e espanhol grátis:

O aplicativo Tandem, da empresa Tripod Technology é uma mistura de rede social com escola de idiomas, onde é possível aprender inglês e espanhol de uma maneira fácil, dinâmica e gratuita, apesar do app permitir compras. Ele conta hoje com mais de um milhão de usuários, onde é possível obter ajuda de nativos, professores do próprio app e também da comunidade. Além das atividades escritas, também é possível ter interações através de chamadas de áudio, salas de bate papo, chamadas de vídeo e também mensagens com fotos.

O Tandem também permite a aprendizagem offline, onde naqueles momentos em que você estiver de “bobeira” sem internet, também possa estudar. Apesar do título ser para aprendizagem da língua espanhola e americana, o Tandem também conta com aulas de  alemão, francês, árabe, russo, chinês, italiano, japonês, turco, polonês e também o português para estrangeiros do app.

Links para Download.

Sistema iOS: https://itunes.apple.com/br/app/tandem-estude-com-estrangeiros/id959001619?mt=8
Sistema Android: https://play.google.com/store/apps/developer?id=Tripod+Technology+GmbH

  • Uber Eats: entrega de comida:

Um dos app mais revolucionários de 2017 foi o Uber Eats, pois ao contrário do Uber de transporte de passageiros, o app não gerou toda aquela polêmica e foi bem aceito nas cidades em que está presente no Brasil e no mundo.

No app é possível verificar os restaurantes e redes de fast food que a sua região possui e que também faz a entrega através do aplicativo. É possível realizar uma busca pelo tipo de restaurante, pratos e culinária. Quando for finalizar o pedido, você poderá verificar qual é o endereço de entrega, o tempo de entrega estimado e o valor total da compra, já com taxas de entrega e possíveis impostos.

O pagamento das refeições no conforto do seu lar poderá ser feito através de sua conta Uber, ou através de um número de cartão de crédito válido. Após o pagamento é só acompanhar o pedido no mapa do app em tempo real. Se bateu aquela fome, o seu lanche está a alguns toques de distância.

Links para Download.

Sistema iOS: https://itunes.apple.com/us/app/uber-eats-food-delivery/id1058959277?mt=8
Sistema Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.ubercab.eats

  • Bitcoin Wallet – Coinbase:

2017 também foi o ano dos Bitcoins (BTC), onde a moeda virtual passou a valer muitas vezes mais (praticamente todo dia sobe) do que nos anos anteriores. A moeda ficou em destaque neste ano, valendo mais de 10 mil reais cada fração. Teve até artista aceitando o cachê em bitcoin, foi uma loucura.

E para armazenar, realizar transferências da moeda é preciso possuir uma carteira, de preferência segura, já que a moeda está valendo muito mais do que ouro. Por isso um dos app de 2017 que mais fizeram sucesso foi o Bitcoin Wallet Coinbase.

O Bitcoin Wallet Coinbase é um app de uma empresa com sede em São Francisco USA, que permite o envio e solicitação imediata de bitcoins através do nome, endereço ou email cadastrado. O app oferece uma segurança muito forte com diversas proteções e também com armazenamento privado e retiradas que poderão ser programadas no próprio app.

É possível também realizar a compra e venda da moeda, com conversão em tempo real. Faça também a solicitação ou o envio de dinheiro e/ou bitcoin para qualquer um de seus contatos, através de NFC ou QR Code.

Mas antes de começar neste mundo das moedas virtuais, nós recomendamos que você estude um pouco como funciona a compra, venda, carteiras, cotações e tudo, para não perder tempo e dinheiro neste investimento, que até o momento tem sido muito lucrativo, principalmente aos mineradores mais antigos da plataforma.

Links para Download.

Sistema iOS: https://itunes.apple.com/us/app/coinbase-buy-bitcoin-more/id886427730?mt=8&ign-mpt=uo%3D2
Sistema Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.coinbase.android

É claro que existem centenas de outros aplicativos que foram muito importantes em 2017, mas nós procuramos priorizar os melhores. Não colocamos na lista os clássicos mais baixados como é o caso do Messenger, Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat, aplicativos de Bancos, GPS como o Waze e outros, pois todos os anos eles estão entre os TOP tanto na plataforma Android como na iOS. Priorizamos apresentar algumas das melhores novidades deste ano.

Veja também: Sites para ver filmes online