Agronegócio bate recorde nas exportações pelo quinto mês consecutivo

O resultado de US$13.94 bilhões registrado no mês de maio é o quinto seguido que o agronegócio brasileiro supera o próprio recorde. Em relação a maio de 2020, o resultado representa uma alta de 33,7%.

O aumento na comercialização de commodities elevou o resultado das exportações devido ao incremento nos preços internacionais dos produtos. A Secretaria de Comércio e Relações Internacionais (SCRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) registrou um aumento de 24,6% nas exportações, com o crescimento do índice de quantum (diferença entre os preços das commodities em Dólar e em Real) ficando em 7,3%.

A boa fase do agronegócio nacional também melhora as condições para os produtores rurais que pretendem fazer novos investimentos em suas culturas para aumentar ganhos e produção. É o momento de garantir e ampliar a infraestrutura para manter as lavouras, qualificar a mão de obra e investir em equipamentos intensivos em tecnologia, como trituradores à vendatratores e picadores forrageiros.

 A automação da maioria dos processos é uma tendência natural. As ofertas aumentam a cada dia… O momento da escolha é crucial para que o empreendedor rural possa obter a melhor relação custo – risco – benefício no momento de incrementar a infraestrutura produtiva. E os trituradores trapp são um exemplo que combina esses três fatores e agrega a tradição no mercado e o reconhecimento dos usuários.

Agro e Pandemia

Algumas análises de cenário envolvendo o agronegócio e a pandemia vêm chamando a atenção. O pessimismo generalizado comum a qualquer crise sanitária de grandes proporções deu lugar a uma nova era: o uso intensivo de commodities. A tendência leva os governos concentrarem suas gestões na criação de empregos e na sustentabilidade ambiental em vez de se concentrar na estabilidade financeira. Essa opção foi desencadeada pela crise de 2009. Além disso, a forte demanda chinesa permanece pressionando os preços de grãos para cima. É o caso do milho e das oleaginosas usados para recompor e ampliar rebanhos suínos e de frango na China.

Talvez essa mudança de comportamento provocada pelo boom registrado em sequência no agronegócio brasileiro esteja entre os fatores que explicam esse fenômeno de conquistas sucessivas de resultados de sucesso históricos.

Deixe um comentário